320 dias sem rotina, novas considerações mundo afora!

Quando completamos 100 e 200 dias fizemos posts contando um pouco do que está por trás das belas fotos. De lá pra cá, muitas coisas maravilhosas, outras nem tanto, vários perrengues, muitos aprendizados, enfim, a vida acontecendo fora da rotina. Hoje, quase um ano fora de casa, podemos dizer que viajar o mundo dá um trabalho danado. É um trabalho não remunerado, porém fazendo o que ama! Lógico que as experiências, lugares, culturas, diversidades, aprendizados são coisas impagáveis e que nos transformaram totalmente. Mas tem o outro lado, que poucos blogs ou viajantes gostam de contar, os perrengues.

Não ter rotina por um tempo é ótimo, mas ter rotina também é muito bom, nosso corpo precisa. Tiveram vários dias na viagem que fizemos só uma refeição. Também tiveram vários países que foram caros e passamos meses só comendo pão. Tem dias que a gente almoça as 5 da tarde, em  outros só tomamos café. E assim vai, e o corpo aguenta… para uns mais tempo… para outros menos tempo.

Tínhamos mais 2 países no leste europeu para fazer antes de voltar para o Brasil e explorar as Américas. Porém vamos voltar um pouco antes do previsto para corrigir a saúde (a qual sofreu um certo impacto devido a tantas variações), e logo mais vamos explorar novos países.

Seguem algumas novas considerações com 320 dias de jornada:

CARTÕES
Preste muita atenção qual cartão de crédito, débito você vai levar para viajar e qual o seu relacionamento com o banco/gerente. Você vai precisar muito deles. Se o banco for legal, vai te ajudar sempre. Se não for, você vai passar muito sufoco. No nosso caso, tivemos muitos problemas com nosso banco, horas por conta da má vontade da gerente em nos ajudar, horas por conta do banco que bloqueava tudo por segurança e chegamos a ficar sem ter onde dormir, e sem dinheiro para comer. Isso é sério. Leve ao menos uns 4 cartões, nem que você não use, para se sentir mais seguro. Tem muitos países na Ásia que não aceitavam alguns cartões. Agora que já estamos no fim, aconselhamos a levar um pouco mais em dólar para trocar nas horas do sufoco. Outra questão é nos caixas ATM, sempre pedir a conversão da moeda pelo banco, a cotação é geralmente melhor.

cartao

FUSO HORÁRIO
Essa é uma questão que a gente não pensa muito, mas atrapalha… Cada vez que íamos acostumando com um fuso, mudava de novo… e daí que a imunidade vai lá em baixo, pois você não consegue dormir, mas acorda cedo para conhecer os lugares, afinal, tem um roteiro a ser seguido. Nós começamos pela Ásia, 12 horas de fuso, fomos andando para 8 horas de fuso, até chegarmos na Europa, 5 horas de fuso. Mas se puder, fica a dica, cada vez que for trocar de fuso, reserve uma noite a mais para descansar… você vai chegar podre. O corpo leva uns 4 dias para se acostumar melhor. Portanto sempre que for para um fuso diferente, considere isso, vai ser melhor.

fuso

COMIDA
Hoje depois de pisarmos em 50 países, podemos dizer que com tanta diversidade, culinária exótica, tantos pratos deliciosos, nada, mas nada mesmo como o nosso feijão com arroz. O Brasil, na nossa opinião, ainda tem a melhor comida e variedade do mundo!

arroz feijao

CONVIVÊNCIA
Somos acostumados na vida a trabalhar e ver nossos parceiros no final do dia, final de semana… algumas raras pessoas trabalham com seus parceiros. Mas já pensou em conviver um ano, 24 horas por dia, só vocês dois? Se você está feliz, triste, aborrecida, chata, quer conversar, quer desabafar, enfim… é só vocês dois. Então viajar o mundo é acima de tudo uma escola de convívio, de paciência e de compreensão. Deixe aquelas briguinhas tolas, ciúme bobo, orgulho, tudo em casa antes de partir…seu companheiro tem que ser seu melhor amigo. Isso (cumplicidade) também torna a viagem legal ou não, aliás, é essencial para viajar em casal.

MOCHILA
Antes de viajar ficamos um mês na dúvida, fazendo mil pesquisas se íamos com mala de costas ou rodinha. Normalmente quem faz mochilão pelo mundo vai com a de costas, aliás, sempre. Mas estávamos com dúvida, porque tenho dores na lombar. Então compramos a mochila híbrida. É uma mochila de costas com rodinhas, serve para os dois. Agora honestamente falando… usamos nas costas duas vezes na Indonésia, porque chegamos numa ilha pela areia. Somente nessa vez. O mundo tá moderno gente, tá tudo asfaltado, e em todos os lugares é possível puxar, o que cansa bem menos. Então, fica a dica. Foi a melhor escolha que fizemos. Teve cidades que andamos duas horas até o aeroporto, só puxando as malinhas, tranquilo. Vai que dá.

DCIM101GOPROGOPR3255.

TRAVESSEIRO
Sério, ninguém aborda esse tema. Mas pessoal, como um travesseiro faz a diferença na hora de dormir. Teve vários lugares que ficamos que eram super altos, acordávamos com torcicolo e ficávamos dias com dor. Outros eram baixos demais e doía as costas. Ou seja, todo lugar o travesseiro é uma surpresa. E muitas vezes você não se adapta a ele. Sugestão: compre um pequeno do jeito que você gosta. Você usa no avião, nos ônibus, nas caronas, nas casas, nos hostels, em tudo. Não pesa nada, você põe na mala ou debaixo do braço. Lava a fronha toda semana e tá novo de novo. Um item que parece bobo, mas hoje vemos como fez diferença.

RYAN AIR
Para quem for viajar na Europa, preste atenção. Tem uma cia, low cost, que você provavelmente vai pegar, chamada Ryan air. Até porque eles têm voos custando menos do que 20 euros! Às vezes sai mais barato que ônibus. Mas caímos numa furada. Não imprimimos o bilhete, até porque nunca precisamos em nenhuma outra cia aérea, porém nessa é obrigatório, e se não imprimir, eles cobram 30 euros para imprimir, ou seja, mais caro do que o próprio voo, rs. Foi o dia que mais passamos raiva na viagem, rs! Portanto, já sabe, imprima ou tire um print antes no celular. Não deixe para fazer no aeroporto, porque às vezes o WiFi é pago.

PAÍSES CAROS e BARATOS
Cuidado com essas dicas da internet sobre países caros e baratos para viajar. Teve vários países que estavam na lista de caros e que gastamos menos do que muitos que eram considerados baratos. Para nós os baratos: Tailândia, Índia, Indonésia, Mianmar, Albânia e Turquia. Caros: Nova Zelândia, Holanda, Israel, Hong Kong e Singapura. Ouvimos dizer que a Jordânia era cara, mas achamos barato… diziam que a Filipinas era super barata, em contrapartida achamos carinha.

TEMPO
Hoje quase um ano longe de casa, temos duas sensações. Quando olhamos as fotos, vídeos, posts e tudo que vivemos, parece que ficamos uns 5 anos viajando. Quando pensamos em casa, temos a sensação que faz uns 3 meses que saímos do país. Aprendizado: a vida passa muito depressaaaaa. Quando fazemos o que gostamos ela passa mais depressa ainda. Mas quando fazemos coisas diferentes temos a sensação de ter vivido muito mais. Portanto, sempre que possível, tente fazer coisas diferentes, conhecer lugares diferentes, gente nova, mudar de ares…

AMIZADE
Na estrada ganhamos novos amigos, mas também pudemos notar quem dos antigos sentem nossa falta. A convivência mostra muita coisa, mas hoje posso dizer que a distância também. Dizem que você descobre quem são seus verdadeiros amigos quando está enfrentando problemas. Discordo. Acho que você vê quem são seus amigos quando você está realizando um sonho, pois aí você percebe quem torce, vibra e fica feliz por você. Centenas de pessoas nos acompanharam. Vibraram, viveram de longe junto conosco esse sonho. Mas também tivemos amigos, que eram próximos, que nem sequer curtiram uma foto, post, blog, ou mandaram um sinal de fumaça (pessoas que vivem na internet). Portanto, viajar por um longo período também faz um processo de seleção natural. O que for verdadeiro vai se manter firme mesmo que distante.

ECONOMIA
Se você pretende viajar e economizar em tudo, rs, esta será uma dica boba mas que no fim das contas ajuda. Geralmente quem viaja por um longo período, tem uma lei que dita a viagem: economizar! Até por que, qualquer centavo faz diferença no orçamento. Então é o seguinte: quase todos os mercados do mundo, principalmente na Europa, cobram as sacolas plásticas. Portanto, tenha sempre umas duas e leve na hora de fazer compras. Quem viaja em estilo mochilão sempre cozinha sua própria comida, então acaba indo direto no mercado. É um gasto que parece pouco, mas um ano pagando sacola ninguém merece! E pra encerrar, ficamos tão paranoicos com essa questão de economizar, que descobrimos na Croácia que garrafas de plástico são trocadas por dinheiro nos mercados. Então pronto. Começamos guardando as nossas, as dos outros, todas que achávamos na rua, hahahaha! E todo dia íamos no mercado pegar um dinheirinho (estamos até escrevendo um livro sobre como economizar ao máximo e conhecer lugares incríveis). É sério, tem muitos detalhes que no final das contas fazem muita diferença no bolso.

mercado

Por hora é isso pessoal! Em breve contaremos nossas passagens pelo Chipre, Grécia e Rússia. Continuem acompanhando nossas aventuras. Um grande beijo a todos!

Anúncios

3 comentários

  1. Queria tirar uma dúvida com você, até agora, ao todo qual foi a quantia que vocês utilizaram, e em que valor aproximado pretendem fechar a viajem? Acompanho sempre o blog de vocês, continuem firmes!

    Curtir

  2. Ótimo post, acompanho vocês desde o começo do ano…o que posso dizer é que fiquem firmes no propósito, você citou a questão de saúde e isso é importante mas caso contrário fiquem em paz, pois quando voltarem vocês vão dizer “poderia ter ficado mais”, pois por aqui as coisas estão exatamente como deixaram, parece engraçado, pois nem conheço vocês pessoalmente mas já passei por isso, fiquem firmes no projeto, tudo vai estar como deixaram e vocês vão estar muito a frente de muitas pessoas…

    Muitas coisas deixarão de fazer sentido e muitas terão um novo sentido, vocês vão levar isso para sempre e ninguém no mundo pode tirar essa experiência de vocês…

    Curtir

    • Obrigada Benício! Seu comentário foi muito top! Realmente acabamos de chegar no país e sentimos tudo que vc citou, rs!! Ainda estamos mega atrasados nos posts, falta Chipre, Russsia e Grecia…agora vamos postando com calma! Como voltamos antes do previsto, queremos se tudo der certo fazer as Américas…continue nos acompanhando e obrigada pela linda mensagem incentivadora!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s